Glioma

O glioma é um tipo grave de tumor que se desenvolve no sistema nervoso central. Ela tem origem em células gliais, que são responsáveis por apoiar os neurônios e ajudá-los a manter o funcionamento adequado. Elas podem afetar a função cerebral e podem ser fatais, embora suas características e abordagem dependam do tipo de glioma e sua localização. São raros, afectando 6 em cada 100.000 pessoas.

Como na maioria dos tumores cerebrais, a causa exacta do desenvolvimento dos gliomas é desconhecida, embora se postula que resultam da interacção de factores genéticos e ambientais. Além disso, foram identificados factores de risco que podem contribuir para o desenvolvimento de gliomas:

  • O diagnóstico do glioma é mais comum após os 45 anos de idade, embora possa ocorrer em qualquer idade. Alguns tipos de gliomas, tais como os ependymomas, são mais comuns em crianças e jovens adultos.
  • Exposição às radiações ionizantes. Este é o factor de risco mais importante para o desenvolvimento dos gliomas. As pessoas expostas a este tipo de radiação (raios X, radioterapia para o cancro, radiação causada por bombas atómicas, etc.) têm um risco mais elevado de sofrer deste tipo de tumor.
  • Síndromes que aumentam a predisposição para desenvolver tumores como a síndrome de Lynch ou a síndrome de Li-Fraumeni.

Sintomas

Os sintomas do glioma variam de acordo com a localização e o tipo de tumor, embora os mais comuns sejam os seguintes:

  • Dor de cabeça.
  • Náuseas ou vómitos.
  • Confusão ou diminuição da função cerebral.
  • Perda de memória.
  • A personalidade muda.
  • problemas de equilíbrio
  • apreensões
  • fala desarticulada
  • problemas de visão

Os sintomas podem piorar ou mudar à medida que o tumor cresce e comprime diferentes partes do cérebro, aumentando o inchaço e a pressão no crânio. Se o tumor se desenvolver na medula espinal, pode causar dor, fraqueza e dormência nos membros.

Prevenção

Não existe uma medida preventiva total para o desenvolvimento de gliomas, contudo, em alguns casos, evitar factores de risco modificáveis pode ajudar a reduzi-lo. Neste momento, o único factor de risco identificado claramente associado ao desenvolvimento destes tumores é a exposição às radiações ionizantes.

A exposição a este tipo de radiação pode ocorrer por diferentes vias:

  • Exposição interna: ocorre quando o radionuclídeo é inalado, ingerido ou injectado.
  • Exposição externa: ocorre quando o material radioactivo está presente no ambiente.

As pessoas mais expostas a este tipo de radiação são astronautas (de radiação cósmica), pessoal médico de raios X, investigadores e pessoal em instalações radioactivas. Além disso, podem ser recebidas exposições adicionais em cada exame de raio-X e medicina nuclear.

Número de variantes observadas

13,5 milhões de variantes

Número de loci de risco

9 loci

Genes analisados

CDKN2B GSDMC HEATR3 LMF1 PHLDB1 RAVER2 SEC61G TERT TNFRSF6B

Bibliografia

Ainda não fez um teste de DNA?

Faça seu teste genético e descubra tudo sobre si.

starter
Test ADN Starter

Ancestralidade, Traços e Bem-estar

Comprar
starter
Test ADN Advanced

Saúde, Ancestralidade, Traços e Bem-estar

Comprar
Summer Sale Apenas até 25 de julho em nossos testes de DNA. Utilize o nosso código SUMMER15
Comprar