Tipo de cera de ouvido / Odor da axila

A intensidade do odor axilar e o tipo de cerúmen que as pessoas têm são traços inter-relacionados, pois partilham elementos entre si, tais como o seu transportador nas membranas celulares onde estes traços se manifestam.

O cerúmen é uma secreção normal das glândulas ceruminosas e sebáceas do terço exterior do canal auditivo. É composto por glicopeptídeos, lípidos, ácido hialurónico, ácido siálico, enzimas lisossómicas e imunoglobulinas.

A cera dos ouvidos exerce um efeito protector ao manter um ambiente ácido (pH 5,2 a 7,0) no canal auditivo, enquanto lubrifica o canal, protegendo o ouvido de infecções e fornecendo uma barreira contra insectos e água. A cera dos ouvidos é normalmente expulsa espontaneamente do canal auditivo através do movimento natural da mandíbula.

Dois tipos de cerúmen ocorrem nos humanos: o tipo húmido, com cerúmen acastanhado, pegajoso, e o tipo seco, com secreção ceruminosa ausente ou reduzida. O tipo húmido é completamente dominante para o tipo seco, e é muito comum em populações de origem europeia e africana (~95% e ~100%, respectivamente). Em contraste, o tipo seco é frequentemente observado nas populações da Ásia Oriental, sendo a prevalência do cerúmen húmido de ~15% no Japão, ~5% na Coreia e ~10% entre os chineses.

Uma associação entre o odor axilar e o cerúmen do tipo húmido foi identificada pela primeira vez há aproximadamente 70 anos. Desde então, foram feitas tentativas para estabelecer associações entre os dois traços, estudando os reguladores de cada traço. É nas glândulas apócrinas e/ou eccrinas do corpo humano que se produz o odor, especialmente nas glândulas apócrinas axilares e púbicas.

Genes analisados

ABCC11

Bibliografia

Yoshiura K, Kinoshita A, Ishida T, Ninokata A, Ishikawa T, Kaname T, et al. A SNP in the ABCC11 gene is the determinant of human earwax type. Nat Genet, 2006; 38(3):324–30.

Prokop-Prigge KA, Mansfield CJ, Parker MR, Thaler E, Grice EA, Wysocki CJ, et al. Ethnic/racial and genetic influences on cerumen odorant profiles. J Chem Ecol, 2015; 41(1):67–74.

Ohashi J, Naka I, Tsuchiya N. The Impact of Natural Selection on an ABCC11 SNP Determining Earwax Type. Mol Biol Evol, 2011; 28(1):849–57.

Martin A, Saathoff M, Kuhn F, Max H, Terstegen L, Natsch A. A functional ABCC11 allele is essential in the biochemical formation of human axillary odor. J Invest Dermatol, 2010; 130(2):529–40.

Harker M, Carvell A-M, Marti VPJ, Riazanskaia S, Kelso H, Taylor D, et al. Functional characterisation of a SNP in the ABCC11 allele - effects on axillary skin metabolism, odour generation and associated behaviours. J Dermatol Sci, 2014; 73(1):23–30.

Ainda não fez um teste de DNA?

Faça seu teste genético e descubra tudo sobre si.

starter

Ancestralidade, Traços e Bem-estar

advanced

Saúde, Ancestralidade, Traços e Bem-estar

Promoção CYBER MONDAY

Até 28 de novembro

Até -25% em nossos testes de DNA

Código CYBER25