Controlo da ingestão de alimentos

O excesso de peso e a obesidade são um problema de saúde global e resultam numa acumulação anormal ou excessiva de gordura que pode ter efeitos negativos na saúde. O aumento da sua prevalência a nível mundial deve-se principalmente à forma como comemos e aos nossos hábitos de vida. No entanto, há certas pessoas com maior probabilidade de terem excesso de peso, possivelmente em parte devido à sua genética.

O peso corporal e a percentagem e distribuição de gordura são finamente regulados por múltiplas hormonas e neuropeptídeos. Estas moléculas actuam sobre o sistema nervoso regulando a sensação de apetite e saciedade. Por outro lado, existem substâncias como os neurotransmissores (dopamina) que quando libertados geram prazer ao comer, contribuindo para a motivação alimentar.

As variantes dos genes envolvidos na regulação do apetite e da saciedade são cruciais para compreender porque é que algumas pessoas têm uma maior tendência para comer alimentos ricos em calorias e lanches entre as refeições do que outras e, portanto, uma maior predisposição para acumular gordura.

Genes analisados

ANKK1 FTOM LEPR MC4R NPY

Bibliografia

Hohmann S, Buchmann AF, Witt SH, Rietschel M, Jennen-Steinmetz C, Schmidt MH, et al. Increasing association between a neuropeptide Y promoter polymorphism and body mass index during the course of development. Pediatr. Obes. .7(6):453–60.

Mutschler J, Abbruzzese E, Wiedemann K, von der Goltz C, Dinter C, Mobascher A, et al. Functional polymorphism in the neuropeptide Y gene promoter (rs16147) is associated with serum leptin levels and waist-hip ratio in women. Ann. Nutr. Metab.

Word Health Organization (WHO) [June 2021]

Ainda não fez um teste de DNA?

Faça seu teste genético e descubra tudo sobre si.

starter

Ancestralidade, Traços e Bem-estar

advanced

Saúde, Ancestralidade, Traços e Bem-estar

Promoção CYBER MONDAY

Até 28 de novembro

Até -25% em nossos testes de DNA

Código CYBER25