Clobazam (Eficácia)

Clobazam é uma benzodiazepina usada como ansiolítica e em alguns casos de epilepsia. Clobazam é principalmente metabolizado pelo citocromo CYP2C19 e as variantes polimórficas deste citocromo podem ter um impacto no tratamento.

Clobazam é uma benzodiazepina de meia-vida longa usada como ansiolítica e em combinação com outras drogas é prescrita para tratar convulsões causadas por epilepsia.

O seu mecanismo de ação consiste em aumentar a actividade do GABA, facilitando a sua ligação ao receptor GABAergicO.

CONTRAINDICAÇÕES

Hipersensibilidade a clobazam e a benzodiazepínicos.

Myasthenia gravis, síndrome da apneia do sono, insuficiência respiratória grave, insuficiência hepática grave, glaucoma ângulo de fechamento.

Não ingerir durante a lactação.

PRECAUÇÕES:

Não administrar a crianças com menos de 3 anos, excepto nos casos em que o tratamento é essencial; não administrar em idosos. Reações psiquiátricas e paradoxais são mais comuns em crianças e pacientes idosos.

A ingestão de clobazam pode levar à insuficiência hepática, insuficiência renal e insuficiência respiratória crônica ou aguda.

Indivíduos pobres em metabolizadores do clobazam (consulte o relatório técnico) podem precisar de ajuste da dose. .

Em pacientes com fraqueza muscular ou ataxia espinhal ou cerebelar preexistentes, deve ser realizado monitoramento especial e redução da dose do medicamento.

Após o uso continuado da droga, há risco de tolerância e de dependência físico-psíquica. A interrupção abrupta após o uso continuado causa síndrome de abstinência. Não usar em ansiedade associada à depressão nem como tratamento primário de doença psicótica.

EFEITOS SECUNDÁRIOS

Sonolência, distúrbios afetivos, diminuição da vigilância, confusão, fadiga, dor de cabeça, tontura, vertigem, hipotonia muscular, fraqueza muscular, ataxia, diplopia, amnésia, depressão, reações psiquiátricas e paradoxais, boca seca, constipação, diminuição do apetite, náusea, ganho de peso e dependência.

NOMES DE MARCAS

  • - Noiafen ®
  • - Onfi ®

Genes analisados

CYP2C19

Bibliografia

Yamamoto Y, Takahashi Y, Imai K, Miyakawa K, Nishimura S, Kasai R, et al. Influence of CYP2C19 polymorphism and concomitant antiepileptic drugs on serum clobazam and N-desmethyl clobazam concentrations in patients with epilepsy. Ther Drug Monit, 2013; 35(3):305–12.

Hashi S, Yano I, Shibata M, Masuda S, Kinoshita M, Matsumoto R, et al. Effect of CYP2C19 polymorphisms on the clinical outcome of low-dose clobazam therapy in Japanese patients with epilepsy. Eur J Clin Pharmacol, 2015; 71(1):51–8.

Seo T, Nagata R, Ishitsu T, Murata T, Takaishi C, Hori M, et al. Impact of CYP2C19 polymorphisms on the efficacy of clobazam therapy. Pharmacogenomics, 2008; 9(5):527–37.

Ainda não fez um teste de DNA?

Faça seu teste genético e descubra tudo sobre si.

starter
Test ADN Starter

Ancestralidade, Traços e Bem-estar

Comprar
starter
Test ADN Advanced

Saúde, Ancestralidade, Traços e Bem-estar

Comprar
O teste de DNA que você estava procurando
Comprar