Persistência da hemoglobina fetal

A persistência da hemoglobina fetal demonstrou ter um forte carácter hereditário. Vários estudos ligaram certos polimorfismos ou variantes genéticas à persistência da hemoglobina fetal em adultos e ao seu possível envolvimento na melhoria dos sintomas de diferentes tipos de anemia.

A hemoglobina fetal é a principal proteína transportadora de oxigénio para todas as partes do corpo do feto humano durante os últimos sete meses de desenvolvimento no útero e no recém-nascido até cerca dos 6 meses de idade, altura em que foi praticamente toda substituída pela hemoglobina adulta. Apenas cerca de 1% do total da hemoglobina adulta é hemoglobina fetal.

Funcionalmente, a hemoglobina fetal difere da hemoglobina adulta na medida em que é capaz de ligar o oxigénio com maior afinidade, dando ao feto em desenvolvimento um melhor acesso ao oxigénio na corrente sanguínea da mãe.

Estruturalmente, a hemoglobina fetal é uma proteína composta por quatro globos: dois alfa-globos e dois gama-globos. Durante o desenvolvimento, ocorre uma mudança na expressão genética que faz com que o gene da gama-globina deixe de ser expresso e activa a expressão do gene da beta-globina, de modo a que os adultos tenham hemoglobina que é maioritariamente composta por duas alfa-globinas e duas beta-globinas. A mudança transcripcional do gene de gama para beta-globina é geralmente referida como a "mudança de hemoglobina fetal para adulto".

Em alguns indivíduos, a taxa de produção de hemoglobina fetal não diminui ao longo dos anos, possivelmente devido à presença de variantes no gene BCL11A, um gene que actua como um interruptor molecular na transição da hemoglobina fetal para a hemoglobina adulta.

Genes analisados

BCL11A

Bibliografia

Bauer DE, Orkin SH. Hemoglobin switching's surprise: the versatile transcription factor BCL11A is a master repressor of fetal hemoglobin. Curr Opin Genet Dev. 2015 Aug;33:62-70.

Uda M, Galanello R, Sanna S, Lettre G, Sankaran VG, Chen W, et al. Genome-wide association study shows BCL11A associated with persistent fetal hemoglobin and amelioration of the phenotype of beta-thalassemia. Proc Natl Acad Sci U S A [Internet]. 2008 Feb 5 [cited 2014 Sep 28];105(5):1620–5.

Liu N, Hargreaves VV, Zhu Q, Kurland JV, Hong J, Kim W, Sher F, et al. Direct Promoter Repression by BCL11A Controls the Fetal to Adult Hemoglobin Switch. Cell. 2018 Apr 5;173(2):430-442.e17.

Ainda não fez um teste de DNA?

Faça seu teste genético e descubra tudo sobre si.

starter

Ancestralidade, Traços e Bem-estar

advanced

Saúde, Ancestralidade, Traços e Bem-estar

Oferta especial Natal

Até 26 de dezembro

-15% em nossos testes de DNA

Utilize o nosso código XMAS15