Bisoprolol (Eficácia)

O Bisoprolol é um beta-bloqueador utilizado no tratamento de várias doenças cardíacas ou hipertensão. As variantes polimórficas no gene PTPRD estão associadas a diferenças na resposta aos medicamentos.

O Bisoprolol é uma droga que atua como um bloqueador de receptores cardiosseletivos β1. Pertence ao grupo de medicamentos conhecidos como β-bloqueadores. É prescrito para o tratamento de doenças cardíacas, sozinho ou em combinação com outros medicamentos.

As doenças cardiovasculares para as quais o bisoprolol é prescrito são as seguintes: hipertensão arterial, doenças coronárias, distúrbios do ritmo cardíaco, doenças isquêmicas do coração e também é prescrito após um infarto agudo do miocárdio. Sua ação é prolongada e, portanto, uma única ingestão diária pode ser prescrita.

Bisoprolol também pode ser prescrito para pacientes asmáticos, mas devido ao seu baixo efeito sobre os receptores β2 do pulmão, os pacientes devem passar por um alto controle médico.

Além disso, o bisoprolol pode ter outras indicações, como ansiedade e hipertireoidismo.

MECANISMO DE AÇÃO

Bisoprolol atua por bloqueio altamente seletivo de receptores adrenérgicos β1, é um bloqueador muito potente. Não tem atividade simpaticomimética intrínseca e não tem efeito estabilizador da membrana.

PRECAUÇÕES

Ao prescrever bisoprolol, deve-se ter cautela nos pacientes que sofrem: broncoespasmo (asma brônquica, doenças respiratórias obstrutivas), diabetes mellitus (pode mascarar sintomas de hipoglicemia), jejum prolongado, bloqueio atrioventricular de 1º grau, angina de Prinzmetal, doença arterial oclusiva periférica.

Precauções na utilização concomitante com anestesia geral.

As precauções devem ser tomadas ao prescrever bisoprolol em doentes com psoríase ou com antecedentes de psoríase. Cuidado especial se prescrito concomitantemente com anestésicos tomados por inalação.

O tratamento com bisoprolol pode mascarar os sintomas da tirotoxicose. Em pacientes com feocromocitoma, o tratamento com bloqueador deve ser previamente estabelecido.

Se o tratamento for interrompido, recomenda-se reduzir gradualmente a dose.

A combinação de bisoprolol com verapamil ou diltiazem, nem com antiarrítmicos de Classe I nem com anti-hipertensivos de ação central não é recomendada.

Não é recomendado prescrever bisoprolol em crianças.

EFEITOS SECUNDÁRIOS

Bradicardia, piora da insuficiência cardíaca, tontura, dor de cabeça, náuseas, vômitos, diarreia, constipação; sensação de frio ou dormência nas extremidades, hipotensão; cansaço, exaustão, fadiga.

A capacidade de conduzir ou utilizar máquinas pode ser afetada. Isso deve ser levado em consideração especialmente no início do tratamento, nas mudanças de medicação, bem como em associação com o álcool.

NOMES DE MARCAS

  • Zebeta®
  • Emconcor®
  • Euradal®

Genes analisados

PTPRD

Bibliografia

Ainda não fez um teste de DNA?

Faça seu teste genético e descubra tudo sobre si.

starter
Test ADN Starter

Ancestralidade, Traços e Bem-estar

Comprar
starter
Test ADN Advanced

Saúde, Ancestralidade, Traços e Bem-estar

Comprar
O teste de DNA que você estava procurando
Comprar