Furosemida, Torasemida (Eficácia)

A furosemida e a torasemida pertencem à família dos diuréticos de laço utilizados para o tratamento da retenção de fluidos associados a várias doenças como a insuficiência cardíaca. Há uma grande variabilidade na eficácia entre indivíduos que pode ser em grande parte explicada pela variabilidade genética.

Furosemida e torasemida são diuréticos de loop do grupo das sulfonamidas. Ambos bloqueiam o sistema de transporte Na+ K+ 2Cl-, mas enquanto a furosemida atua no ramo descendente do loop de Henle, a torasemida o faz no ramo ascendente. Ambas aumentam a excreção de Na, K, Ca e Mg.

CONTRAINDICAÇÕES

  • Furasemida: Hipersensibilidade à furosemida ou sulfonamidas. Hipovolemia ou desidratação, insuficiência renal anúrica, hipocalemia ou hiponatremia grave. Estado pré-comatoso e comatoso associado à encefalopatia hepática.
  • Torasemida: Hipersensibilidade à torasemida ou sulfonilureias. Anuria.

EFEITOS SECUNDÁRIOS

  • Furasemida: Alterações eletrolíticas, desidratação e hipovolemia, níveis sanguíneos elevados de creatinina e triglicerídeos. Aumento do volume urinário, hipotensão incluindo hipotensão ortostática (especialmente após infusão intravenosa) com hemoconcentração.

Encefalopatia hepática em pacientes com insuficiência hepatocelular.

  • Torasemida: Tonturas, dor de cabeça, náuseas, fraqueza, vómitos; hiperglicemia, urinação excessiva, hiperuricemia, hipocalemia, sede excessiva, hipovolemia, impotência, dispepsia. Além disso, com formas de liberação prolongada de torasemida: sonolência; diarreia; aumento da frequência urinária, poliúria, noctúria.

INTERAÇÕES FARMACOLÓGICAS

  • Furasemida: O efeito da furosemida é diminuído pelo tratamento concomitante com sucralfato, AINEs (drogas antiinflamatórias não-esteroides), salicilatos, fenitoína, probenecida, metotrexato e outras drogas com secreção renal tubular significativa.

Furasemida potencializa a ototoxicidade de aminoglicosídeos, cisplatina e outras drogas ototóxicas. Também aumenta a potência de nefrotoxicidade dos antibióticos nefrotóxicos e cisplatina.

Furasemida diminui o efeito dos antidiabéticos e aumenta a toxicidade do lítio, drogas digitalis e drogas que prolongam o intervalo cardíaco QT.

  • Torasemida:

Torasemida aumenta a toxicidade dos salicilatos.

O efeito da torasemida pode ser inibido por: indometacina e probenecida.

absorção oral reduzida pela colestiramina.

NOMES DE MARCAS

  • Furosemida: Seguril ®
  • Torasemida: Sutril®, Dilutol®, Isodiur®

Genes analisados

ADD1 GNB3 NPPA SLC12A3

Bibliografia

Ainda não fez um teste de DNA?

Faça seu teste genético e descubra tudo sobre si.

starter
Test ADN Starter

Ancestralidade, Traços e Bem-estar

Comprar
starter
Test ADN Advanced

Saúde, Ancestralidade, Traços e Bem-estar

Comprar
O teste de DNA que você estava procurando
Comprar